Publicado por: leoavalon | 13 novembro, 2008

Cativar

Sullivan e Bu, do filme "Monstros S.A.": Cativar é assumir responsabilidades, é saber superar diferenças pela amizade!

Acho que todos já ouviram aquela frase que acabou se tornando piegas: “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”. Também acredito que todos conheçam o contexto do qual ela foi retirada: o livro “O Pequeno Príncipe” do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry. A famosa frase é dita pela raposa que teme se aproximar do pequeno príncipe pois sabe que irá se apegar a ele e depois ele irá embora, deixando-a sozinha.

Sempre me identifiquei muito com esse livro pois me vejo exatamente como essa raposa. Sempre me entreguei a pessoas que, muitas vezes, não sabem da responsabilidade que existe por trás do ato de cativar. Todos nós nos tornamos responsáveis pelas pessoas das quais nos aproximamos e desenvolvemos um laço. Sou capaz de lembrar e escrever para amigos queridos  que guardo de anos e anos atrás, mesmo sem ter contato constante.

Algo que devo aprender, porém , é que cativar é se dar totalmente sem esperar receber. Nunca devemos esperar retorno dos nossos atos, apenas agir por amor. Amar aquela pessoa que precisa de carinho, dar atenção, estender a mão! Mas não espere que essa pessoa te retribua isso de alguma forma; assim, você se surpreenderá se ela te retribuir!

Apesar da complexidade e dos problemas que existem em cativar, eu não desisto. Quero continuar a cativar e ser cativado. Por mais que nossas responsabilidades cresçam cada vez mais, é bom saber que nossas amizades crescem nas mesmas proporções!

Trabalhar cuidando de nossos amigos é melhor do que descansar sem nenhum.

” – Que quer dizer cativar?
– É algo quase sempre esquecido, significa criar laços… criar laços???
– É, se tu me cativas teremos necessidade um do outro, serás para mim único no mundo. Se tu me cativas minha vida será como cheia de sol…os teus passos me chamarão para fora da toca, como se fosse música… A GENTE SÓ CONHECE BEM AS COISAS QUE CATIVOU…

– Que é preciso fazer???
– É preciso ser paciente. Cada dia te sentarás um pouco mais perto…E assim, se tu vens as 4 da tarde, desde as 3 começarei a ser feliz, as 4, então, estarei inquieta e agitada, descobrirei o preço da felicidade…Eis o meu segredo, só se vê bem com o coração: o essencial é invisível aos olhos…
Foi o tempo que perdeste com “as tuas rosas” que as fizeram tão importantes…os homens esqueceram essa verdade, mas tu não a deves esquecer, tu te tornas ETERNAMENTE responsável por aquilo que cativas…”


Anúncios

Responses

  1. Leandro, seu texto é muito verdadeiro.

    Parabéns pela sensibilidade e sabedoria das palavras!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: